Valeries – Banda de Londrina inicia mini turnê nos EUA

A banda londrinense de rock Valeries iniciou nesta semana uma sequência de shows na cidade de Nova Iorque, na Costa Leste dos Estados Unidos. O começo da tour aconteceu em uma casa de shows na região do Brooklyn, em Nova Iorque na última segunda. A banda, que até o momento não havia tocado ao vivo em Londrina, tem ainda pelo menos mais 5 shows agendados até o dia 20 de dezembro.

Banda de Londrina inicia mini turnê nos EUA
Guilherme Hoewell e Gabriel Pellegrino durante gravação em Londrina – Foto: Divulgação

A banda londrinense é formada pelos músicos Pedro Portello (baixo), Gabriel Pellegrino (Bateria) e Guilherme Hoewell (Vocal e guitarra). O grupo teve início como um projeto paralelo de Guilherme (Que também é guitarrista da londrinense Vulgar Gods). “Eu sempre escrevi minhas músicas já há algum tempo… Como todo mundo da banda tem outros projetos e bandas, eu sentia que tinha um material que não ‘caberia’ no Vulgar, ai, decidi que iria terminar as músicas e registrar em um estúdio daqui”, contou Guilherme. O material foi gravado entre novembro e fevereiro de 2016 no estúdio Toque Grave, em Londrina, com produção de Marco Aurélio.

De acordo com Guilherme, a mini-turnê foi viabilizada quase que acidentalmente, devido em partes a uma súbita diminuição no preço das passagens, e que, possibilitou a ida do grupo para os EUA. O interesse também veio a partir de várias influências que o grupo carrega no repertório “Na verdade é uma coisa que sempre tivemos interesse (Tocar fora) nós cantamos em inglês, e, eu queria ver como era a reação da galera lá fora, entendendo a letra de primeira… Mandamos as demos pela internet, vendo lugares que poderia haver show e mandava os contatos… Como lá os caras nem conversam muito sobre cover, quase o oposto do que é aqui, aceitaram sem muito problema, foi até meio surpreendente”, contou Guilherme. Segundo ele, ferramentas digitais, como o site indieonthemove.com ajudaram a fazer contato com produtores e buscar casas onde poderiam tocar.

 Gabriel Pellegrino e Guilherme Hoewell do Valeries. Datas de shows seguem até o dia 20 de dezembro - Foto: César Segundinho

Gabriel Pellegrino e Guilherme Hoewell do Valeries. Datas de shows seguem até o dia 20 de dezembro – Foto: César Segundinho

Devido a questões de logística, a banda não embarcou integralmente na turnê. O baixista Pedro Portello não pode ir na viagem e, no lugar, dele, a banda buscou um músico contratado para realizar as datas. “Colocamos um anúncio na internet, e logo de cara um músico respondeu. Ele foi meio que um dos caras que foi mais direto, e nem se preocupou com grana. Fizemos até algumas demos (De outras faixas) ainda pra poder mandar pra ele e assim, ele poder praticar as músicas para o show”, contou Guilherme Hoewell. A princípio o grupo busca divulgação além de testar as faixas ao vivo, como a grande maioria dos shows apenas remunera proporcionalmente ao público presente, ganhos (Financeiros) ainda são incertos para a banda nesta primeira tour. Mais datas devem ser agendadas até janeiro, quando a banda ainda estará nos EUA.


INFORMAÇÕES
Para datas e informações sobre o Valeries acompanhe o site da banda www.valeriesbrazil.com

Valeries – Banda de Londrina inicia mini turnê nos EUA

A banda londrinense de rock Valeries inicia nesta segunda-feira (05) uma mini-turnê pela Costa Oeste dos Estados Unidos. O começo do ‘giro’ será em uma casa de shows na região do Brooklyn, em Nova Iorque. A banda, que até o momento não havia tocado ao vivo em Londrina, terá pelo menos mais 5 shows agendados até o dia 20 de dezembro.

Banda de londrina inicia mini turnê nos EUA
Guilherme Hoewell (Esquerda) e Gabriel Pellegrino durante gravação em Londrina – Foto: Divulgação

A banda londrinense é formada pelos músicos Pedro Portello (baixo), Gabriel Pellegrino (Bateria) e Guilherme Hoewell (Vocal e guitarra). O grupo teve início como um projeto paralelo de Guilherme (Que também é guitarrista da londrinense Vulgar Gods). “Eu sempre escrevi minhas músicas já há algum tempo… Como todo mundo da banda tem outros projetos e bandas, eu sentia que tinha um material que não ‘caberia’ no Vulgar, ai, decidi que iria terminar as músicas e registrar em um estúdio daqui”, contou Guilherme. O material foi gravado entre novembro e fevereiro de 2016 no estúdio Toque Grave, em Londrina, com produção de Marco Aurélio.

De acordo com Guilherme, a mini-turnê foi viabilizada quase que acidentalmente, devido em partes a uma súbita diminuição no preço das passagens, e que, possibilitou a ida do grupo para os EUA. O interesse também veio a partir de várias influências que o grupo carrega no repertório “Na verdade é uma coisa que sempre tivemos interesse (Tocar fora) nós cantamos em inglês, e,  eu queria ver como era a reação da galera lá fora, entendendo a letra de primeira… Mandamos as demos pela internet, vendo lugares que poderia haver show e mandava os contatos… Como lá os caras nem conversam muito sobre cover, quase o oposto do que é aqui, aceitaram sem muito problema, foi até meio surpreendente”, contou Guilherme. Segundo ele, ferramentas digitais, como o site indieonthemove.com ajudaram a fazer contato com produtores e buscar casas onde poderiam tocar.

Devido a questões de logística, a banda não embarcou integralmente na turnê. O baixista Pedro Portello não pode ir na viagem e, no lugar, dele, a banda buscou um músico contratado para realizar as datas. “Colocamos um anúncio na internet, e logo de cara um músico respondeu. Ele foi meio que um dos caras que foi mais direto, e nem se preocupou com grana. Fizemos até algumas demos (De outras faixas) ainda pra poder mandar pra ele e assim, ele poder praticar as músicas para o show”, contou Guilherme Hoewell. A princípio o grupo busca divulgação além de testar as faixas ao vivo, como a grande maioria dos shows apenas remunera proporcionalmente ao público presente, ganhos (Financeiros) ainda são incertos para a banda nesta primeira tour. Mais datas devem ser agendadas até janeiro, quando a banda ainda estará nos EUA.


INFORMAÇÕES

Acompanhe novidades e mais detalhes sobre o trabalho do Valeries através do facebook e site da banda

Valeries – Banda londrinense inicia mini turnê nos EUA

A banda londrinense de rock Valeries inicia nesta segunda-feira (05) uma mini-turnê pela Costa Oeste dos Estados Unidos. O começo do ‘giro’ será em uma casa de shows na região do Brooklyn, em Nova Iorque. A banda, que até o momento não havia tocado ao vivo em Londrina, terá pelo menos mais 5 shows agendados até o dia 20 de dezembro.

valeriewss4
Guilherme Hoewell e Gabriel Pellegrino durante gravação em Londrina – Foto: Divulgação

A banda londrinense é formada pelos músicos Pedro Portello (baixo), Gabriel Pellegrino (Bateria) e Guilherme Hoewell (Vocal e guitarra).  O grupo teve início como um projeto paralelo de Guilherme (Que também é guitarrista da londrinense Vulgar Gods). “Eu sempre escrevi minhas músicas já há algum tempo… Como todo mundo da banda tem outros projetos e bandas, eu sentia que tinha um material que não ‘caberia’ no Vulgar, ai, decidi que iria terminar as músicas e registrar em um estúdio daqui”, contou Guilherme. O material foi gravado entre novembro e fevereiro de 2016 no estúdio Toque Grave, em Londrina, com produção de Marco Aurélio.


De acordo com Guilherme, a mini-turnê foi viabilizada quase que acidentalmente, devido em partes a uma súbita diminuição no preço das passagens, e que, possibilitou a ida do grupo para os EUA. O interesse também veio a partir de várias influências que o grupo carrega no repertório “Na verdade é uma coisa que sempre tivemos interesse (Tocar fora) nós cantamos em inglês, e, eu queria ver como era a reação da galera lá fora, entendendo a letra de primeira… Mandamos as demos pela internet, vendo lugares que poderia haver show e mandava os contatos… Como lá os caras nem conversam muito sobre cover, quase o oposto do que é aqui, aceitaram sem muito problema, foi até meio surpreendente”, contou Guilherme. Segundo ele, ferramentas digitais, como o site indieonthemove.com ajudaram a fazer contato com produtores e buscar casas onde poderiam tocar.

Guilherme Hoewell e Gabriel Pellegrino do Valeries. Datas de shows seguem até o dia 20 de dezembro - Foto: César Segundinho
Gabriel Pellegrino e Guilherme Hoewell do Valeries. Datas de shows seguem até o dia 20 de dezembro – Foto: César Segundinho

Devido a questões de logística, a banda não embarcou integralmente na turnê. O baixista Pedro Portello não pode ir na viagem e, no lugar, dele, a banda buscou um músico contratado para realizar as datas. “Colocamos um anúncio na internet, e logo de cara um músico respondeu. Ele foi meio que um dos caras que foi mais direto, e nem se preocupou com grana. Fizemos até algumas demos (De outras faixas) ainda pra poder mandar pra ele e assim, ele poder praticar as músicas para o show”, contou Guilherme Hoewell. A princípio o grupo busca divulgação além de testar as faixas ao vivo, como a grande maioria dos shows apenas remunera proporcionalmente ao público presente, ganhos (Financeiros) ainda são incertos para a banda nesta primeira tour. Mais datas devem ser agendadas até janeiro, quando a banda ainda estará nos EUA.


INFORMAÇÕES
Para datas e informações sobre o Valeries acompanhe o site da banda http://www.valeriesbrazil.com/