Surface, Onion Balls e Manon Lescaut tocam neste domingo

O domingo terá uma apresentação gratuita com bandas de rock no Barbearia Londrina a partir das 16h. Nessa edição tocarão as bandas: MANON LESCAUT (São Paulo), ONION BALLS (Arapongas) e SURFACE (Londrina), a entrada é gratuita.

Com 20 anos de estrada a banda Surface já lançou 4 cds, 1 dvd além de ter participado de diversas coletâneas - Foto: Divulgação
Com 20 anos de estrada a banda Surface já lançou 4 cds, 1 dvd além de ter participado de diversas coletâneas – Foto: Divulgação

Surface – A banda SURFACE foi formada em 1997, em Londrina PR. Mesmo com as dificuldades de se fazer Rock no interior do país conseguiu ter o nome em destaque por várias vezes. A banda participa ativamente do cenário underground nacional. Em 2007 seu 3º CD “Desafio” obteve a honrosa 6ª posição na categoria de melhor Álbum Punk / Hardcore pela Revista Dynamite. Lançou em 2014 o 4º CD e o DVD, que além de mostrar novas músicas ele faz uma retrospectiva sobre a história da banda. A banda se mantém fiel ao mesmo estilo desde o começo, Punk Rock e Hardcore. Conciliando o peso do instrumental com a melodia dos vocais femininos. Já se apresentou em várias cidades pelo país e tocou com bandas de renome.

Duo de Rock Garageiro formado em 2011 pelos irmãos Dema Pegorer (bateria e vocal) e Fred Pegorer (guitarra e vocal). Influenciados pelo punk rock dos anos 70 e pelo rock alternativo do final dos anos 80 e da década de 90 - Foto: Divulgação
Duo de Rock Garageiro formado em 2011 pelos irmãos Dema Pegorer (bateria e vocal) e Fred Pegorer (guitarra e vocal). Influenciados pelo punk rock dos anos 70 e pelo rock alternativo do final dos anos 80 e da década de 90 – Foto: Divulgação

Onion Balls – É um duo de Rock Garageiro formado em 2011 pelos irmãos Dema Pegorer (bateria e vocal) e Fred Pegorer (guitarra e vocal). Influenciados pelo punk rock dos anos 70 e pelo rock alternativo do final dos anos 80 e da década de 90. A dupla já tocou nas bandas Devaneers (1998-2005 – 03 eps lançados) e Wolf Attack (2004-2012 – 01 ep e 01 disco lançados). Formada na cidade de Arapongas, interior do norte do Paraná, onde eles nasceram e residem até hoje. A falta de opção cultural e monotonia da cidade onde vivem, deram origem aos temas recorrentes das canções da dupla. Apresentaram-se ao vivo em várias e, lançaram em 2015 seu primeiro disco na área externa do estúdio onde compõe e ensaiam.

É a primeira vez que DJF Uchida (vocalista e guitarrista), Luiz Furlan (baterista) e Alcides Amadeu (baixista) tocam no Paraná - Foto: Divulgação
É a primeira vez que DJF Uchida (vocalista e guitarrista), Luiz Furlan (baterista) e Alcides Amadeu (baixista) tocam no Paraná – Foto: Divulgação

Manon Lescaut – Os paulistanos prometem tocar faixas dos dois discos da banda, “Better Luck Next Life After Death” (2010) e “People Are Bad For Your Health” (2014), além de duas músicas inéditas – “Good Night, Morning Wave” e “Sans Everyone, Sans Everything” – que estarão no próximo disco da banda, “We Know Someone You Can Fusillade”, a ser gravado e lançado no primeiro
semestre de 2018. O novo disco deve manter a temática soturna que permeia as letras do grupo, mas DJF Uchida adianta que a sonoridade deve mudar radicalmente e que algumas das 13 músicas novas devem acabar soando como um encontro entre Toru Takemitsu (falecido compositor erudito japonês), Einstürzende Neubauten e Carpenters.


Serviço:
Domingueira Barbearia – Surface, Onion Balls e Manon Lescaut
19 de novembro, a partir das 16 horas
Rua Quintino Bocaiúva, 875, 86020-150 Londrina
Entrada Franca

Cinema – Nostalgia da Luz tem 3 exibições gratuitas na semana

O documentário chileno Nostalgia da Luz (2010), dirigido por Patrício Guzmán será exibido nesta quarta, quinta e sexta (08,09,10) em Londrina. As sessões acontecem sempre às 20h no Sesc Cadeião. As sessões iniciam sempre às 20h. Ingressos devem ser retirados 1h antes.

O filme recebeu bastantes críticas positivas na época de seu lançamento. Em sites de compilação de análises como ‘rotten tomatoes’ o filme tem perto de 100% de aprovação – Foto: Divulgação

Sinopse: No deserto de Atacama, astrônomos de todo o mundo se reúnem para observar as estrelas. Nessa região do Chile, a três mil metros de altitude, o calor do sol mantém intactos restos humanos. Ao mesmo tempo em que os astrônomos pesquisam as galáxias em busca de vida extraterrestre, mulheres procuram seus parentes na terra do deserto. No início, cerca de 50 mulheres realizam a ‘busca’, mas, com o passar do tempo pouco mais de dez ficam, muitas morreram com a passagem do tempo.

“Vou procurar o meu noivo até morrer”, diz uma das mulheres espantosamente determinadas, em depoimento a Guzmán. Outra, em sua fala, com infinita tristeza prova como, com o ar seco da região, os ossos e os restos dos mortos se mantêm intactos, inclusive com as roupas usadas pelas pessoas quando foram abatidas: ”Encontrei um pé do meu irmão… reconheci pela meia dele … levei para casa… quis ficar com o pé durante dois dias…” – Confira crítica completa do site Carta Maior. O Sesc Cadeião fica na Rua Sergipe, 52. O filme conquistou títulos importantes como o de melhor documentário no European Film Awards (2010) e prêmio do juri no Los Angeles Latino International Film Festival.


SERVIÇO
Filme – Nostalgia da Luz
Quando:
Quarta a Sexta (08 a 11) no Sesc Cadeião
Horário:
20h
Entrada gratuita – Ingressos devem ser retirados uma hora antes

Filme O Congressso Futurista tem exibição grátis em Londrina

O Sesc Cadeião em Londrina inicia hoje uma serie de exibições gratuitas do filme ‘O Congresso Futurista’ do diretor isaraelense Ari Folman. A produção, lançada originalmente em 2013, conta a história de Robin Wright (Famosa pela serie House of Cards), que decide aceitar uma proposta ousada; Ela deve colaborar com uma empresa que irá criar uma versão digital dela mesmo, criando assim uma ‘atriz virtual’ com sua semelhança. A primeira exibição é nesta terça (27) às 20h, e segue até o dia 30, sempre no mesmo horário no Sesc Cadeião em Londrina – Ingressos devem ser retirados uma hora antes.

Foto: Divulgação/ O Congresso Futurista
Foto: Divulgação/ O Congresso Futurista

Robin interpreta a si própria, uma atriz de meia idade que frequenta o segundo escalão de Hollywood, tendo prejudicado sua carreira tão promissora após sucessos como A Princesa Prometida e Forrest Gump – O Contador de Histórias.

O longa começa com a atriz tomando uma dura do agente Al (Harvey Keitel), que destaca que ela jogou a carreira fora com péssimas escolhas de filmes e homens. Ela vive com os dois filhos, Aaron (Kodi Smit-McPhee) e Sarah (Sami Gayle) em uma área isolada próxima a um aeroporto, onde o menino aproveita para desenvolver sua paixão por pipas. Sem muitas opções na carreira, Robin deve decidir se aceita ou não o último contrato oferecido pelo estúdio – Leia resenha completa do site ADORO CINEMA.


SERVIÇO
Filme – O Congresso Futurista
De terça (27) à Sexta (30) no Sesc Cadeião

Horário: Às 20h
Entrada gratuita (Ingressos devem ser retirados com 1h de antecedência)

Palco Alma – Inky, Vulgar Gods e Mundo Livre fazem show gratuito

O 4º e último evento do ano no projeto Palco AlmA Londrina promete fazer ressoar o que há de melhor na cena do indie rock brasileiro, em uma sequência de shows gratuitos na Concha Acústica, no próximo dia 10 de dezembro no período da tarde. A festa ainda encerra com a apresentação da banda Mundo Livre S/A, trazida em parceria com o SESI Cultura.

Inky, Vulgar Gods e Mundo Livre S/A tocam em Londrina
Banda Mundo Livre S/A se apresenta em Londrina no dia do aniversário da cidade – Foto: Divulgação

Antecedendo os pernambucanos que fizeram história com o movimento Manguebeat, subirão ao palco da Concha as bandas locais Gold Soundz e Vulgar Gods, além da paulistana Inky. O projeto de circulação musical é organizado pela AlmA Londrina Rádio Web e conta com o patrocínio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

A primeira banda é formada por JM (guitarra/beats), Luiz Crozera (guitarra) e Thiago Terror (baixo), amigos de longa data que têm na afinidade musical na cultura do skate seus elos de ligação. As influências do trio vão do post-punk dos 80´s ao indie rock atual, incorporando beats eletrônicas, o que resulta em um som orgânico com referência também às guitarbands dos anos 90. Está garantida no repertório a faixa “River Sound”, que estará no EP com lançamento previsto para o início do próximo ano.

Inky, Vulgar Gods e Mundo Livre S/A tocam em Londrina
O trio Gold Soundz é formado por JM (guitarra/beats), Luiz Crozera (guitarra) e Thiago Terror (baixo), amigos que têm na afinidade musical na cultura do skate seus elos de ligação – Foto: Divulgação

Já a Vulgar Gods está divulgando seu segundo trabalho, “Queen of sound”, lançado no final de 2015. Antes, o grupo já havia lançado um EP com três faixas de divulgação. O novo álbum tem dez faixas, todas em inglês e ainda gravadas com a formação que contava com a vocalista Thaís Vicente. Este ano quem assume os vocais junto com Guilherme Hoewell (também guitarrista) é Suy Bernardi, que entrou para a trupe junto com a contrabaixista Mari Franco, somando-se a Vinícius Gouveia (guitarra) e Gabriel Pelegrino (bateria). No show do Palco AlmA, os músicos contam com instrumentista e compositor Vitor Delalo como convidado na bateria. Sobre a oportunidade de tocar no mesmo evento com bandas que são referência para o rock no país, ela considera ser uma grande responsabilidade: “Esse show será muito especial. Estamos preparando um repertório exclusivamente autoral, que vai mostrar como ficou esta nova formação, com uma pegada mais pesada”, comenta.

O quinteto Vulgar Gods segue na divulgação de seu trabalho mais recente 'Queen of Sound' - Foto: Bruno Leonel/Rubrosom
O quinteto Vulgar Gods segue na divulgação de seu trabalho mais recente ‘Queen of Sound’ – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom

De São Paulo vem a banda Inky, que também circula com repertório já registrado. Juntos desde 2011, eles começaram com o pé direito, vencendo o prêmio de crítica no Music Video Festival pelo clipe gravado sobre a música “Baião”, em seu primeiro EP. O vídeo curta-metragem mostra um fictício submundo de corridas de bicicleta na capital paulista e foi produção da banda com amigos, apoiada pela produtora Alaska. De lá pra cá já lançaram dois álbuns gravados no Red Bull Studio, na capital paulista: “Primal Swag”, em 2014, e “Animania”, lançado este ano. Ambos foram bastante elogiados nas redes, seja pelo caráter dançante, seja pelos arranjos e o cruzamento com a música eletrônica. No palco, a cantora Luíza Pereira é acompanhada de Guilherme Silva (contrabaixo), Stephan Feitsma (guitarra) e Luccas Villela (bateria).

Encerrando a sequência de apresentações, sobe ao palco uma das bandas fundadoras do Manguebeat, a Mundo Livre S/A. Passando dos 30 anos de carreira e sete discos lançados, os veteranos vêm a Londrina graças divulgar seu primeiro DVD, intitulado “Mangue Bit ao Vivo”. O show é uma parceria com o SESI Cultura, que tem sede no prédio da antiga Associação Médica, na Praça 01 de Maio. Para a analista de cultura Paula Sandreschi, o evento será um grande presente para Londrina, no dia do seu aniversário: “Consideramos o Palco AlmA um projeto muito interessante, que promove a circulação de bandas alternativas. Teremos uma festa muito bonita”, avalia.

Expectativa idêntica tem Daniel Thomas, coordenador da AlmA Londrina Rádio Web e do projeto Palco AlmA: “Queremos encerrar o projeto este ano aproveitando para celebrar o aniversário da cidade, que afinal de contas é o nosso local de fala e e ponto central da nossa identidade”, comenta.

PALCO ALMA 2016 – Esta segunda edição do projeto – que já havia ocorrido em 2014 – promoveu a fruição de diferentes estilos pelo público londrinense, em eventos nas vilas culturais Kinoarte e AlmA Brasil. Os destaques foram desde a música de matriz africana até o punk rock e a nova Música Popular Brasileira, sempre procurando aproximar grupos locais e artistas vindos de fora.

ALMA LONDRINA RÁDIO WEB – A emissora está no ar desde 2012, e conta com um núcleo de jornalismo cultural e mais de 80 colaboradores voluntários para compor uma programação diversificada e independente. Originada das atividades com rádio-poste desenvolvidas pelo Núcleo de Comunicação Popular e Comunitária da Vila Cultural AlmA Brasil, a iniciativa foi selecionada pelo Prêmio Ponto de Mídia Livre do Ministério da Cultura, em 2015. Este ano, promoveu oficinas com alunos do Ensino Fundamental da rede pública e também organiza o Palco AlmA Londrina, com o objetivo de promover a circulação de bens culturais e também aproximar a rádio da comunidade.


SERVIÇO – Palco AlmA Londrina
10/12 (SÁBADO) – Concha Acústica (Praça 01 de Maio)
Início:16h
Com Gold Soundz, Vulgar Gods e Inky. Encerramento com Mundo Livre S/A
(Entrada Gratuita)

Teatro – Zé Maria & Marizé tem apresentação grátis na Praça Nishinomiya

A Cia Curumim Açu apresenta, neste domingo (20), o espetáculo Zé Maria & Marizé, na Praça Nishinomiya, em frente ao aeroporto. A adaptação da obra “José de Maria” visa resgatar a magia dos autos e do teatro de rua através da estrutura itinerante. A apresentação será às 17 horas, e o espetáculo tem patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

Grupo Curumim Açu faz uma releitura do auto "José de Maria", da autoria de Luiz Menezes Peduto, pelos bairros de Londrina - Foto: Divulgação/Anderson Craveiro
Grupo Curumim Açu faz uma releitura do auto “José de Maria”, da autoria de Luiz Menezes Peduto, pelos bairros de Londrina – Foto: Divulgação/Anderson Craveiro

Segundo o ator e integrante da Cia Curumim Açu, Rafael Avansini, o espetáculo foi inspirado no auto de Luis Menezes Peduto e introduziu elementos do circo na história, criando um novo contexto para os personagens. “A peça se baseia em um auto de natal e parte desse contexto, mas revive, recria e questiona a questão, trabalhando temas como religiosidade e espiritualidade com referências circenses”, explicou. A peça conta a história de Zé Maria, bonequeiro de um circo itinerante, e que precisa ir ao encontro de Marizé, pois ela está grávida e prestes a conceber. “Durante essa jornada, o público vai reconhecer vários personagens icônicos do circo, como o palhaço, a mulher barbada, entre outros”, contou Avansini.
15068941_1844440949173403_5147579629197564355_o

Para as próximas semanas, estão programadas apresentações do espetáculo no conjunto Avelino Vieira, Vista Bela, Jamile Dequech e no distrito de São Luiz. A agenda será divulgada na página da Cia Curumim Açu, link www.facebook.com/nucleodeteatrocurumim


FICHA TÉCNICA

Elenco:
Bruno Bazé
Herbert Proença
OlifaOllon
Rafael Avansini
Thais Regina.
Direção: Edna Aguiar
Preparação Corporal: Amanda Tamarozzi
Dramaturgia: Rafael Avansini (Inspirado no Auto “José de Maria”, de Luiz Menezes Peduto)
Direção Musical: Bruno Bazé
Preparação Vocal: Thais Regina
Técnicas em manipulação de formas animadas: Olifa Ollon
Figurino e Cenário: Alex Lima
Assistentes de Figurino e Cenário: Loh Goulart e Aline Silva
Costureira: Inês Zeidel Grassi
Costureira Tapete e coro: Astrid Kopp Magalhães
Marcenaria: Caio Blanco
Serralheria: Monte Sião Monte Sião Metalúrgica
Arte Gráfica: Daniele Stegmann
Registro audiovisual: Anderson Craveiro
Produção: Alex Lima

Cinema – Kinoclube exibe Valsa com Bashir

O segundo filme do Ciclo dedicado a filmes de animação é Valsa com Bashir (2008), escrito e dirigido por Ari Folman. Em formato de documentário animado, o filme retrata as tentativas de Folman, um veterano da Guerra do Líbano de 1982, de recuperar as suas memórias perdidas dos eventos que marcaram o massacre de Sabra e Shatila. A exibição acontece na Vila Cultural Kinoarte. A sessão começa às 19h30 e tem entrada gratuita.

O filme retrata de forma sensível o envolvimento do Estado de Israel no massacre, resgatando a participação dos pequenos soldados que lutaram nesta guerra. “A grande maioria dos soldados não deseja estar lá, tem medo e não quer bancar o herói. Valsa com Bashir, documentário em animação (!), mostra a questão psicológica da guerra por meio das experiências do próprio diretor, Ari Folman, que lutou por Israel na Guerra do Líbano, em 1982. Ao conversar com um ex-companheiro de seu batalhão, o diretor se dá conta de que não tem lembranças de sua participação na guerra, o que o faz supor que tenha presenciado algo tão traumatizante que seu subconsciente preferiu apagá-lo da memória”, afirma o autor Leonardo Vinícius do blog ‘Cineasta’ (Leia texto completo AQUI).

Cinema - Kinoclube exibe Valsa com Bashir
Foto: Divulgação

O trauma gerado pelo massacre ainda é presente no imaginário israelita, e num determinado momento do filme é possível perceber a comparação com os campos de concentração que dizimaram um número enorme de judeus, ciganos e homossexuais. Não recomendado para menores de 16 anos.

(Com informações da Assessoria de Imprensa)


Serviço
Kinoclube apresenta ‘Ciclo Animações’
Filme ‘Valsa com Bashir’ (2008)
Data: 06 de setembro de 2016
Hora: 19h30
Local: Vila Cultural Kinoarte – Rua Pref Faria Lima, 1399
Entrada Franca

Mostra de teatro promove espetáculos gratuitos em Londrina

Dando continuidade às atividades do Núcleo de Dramaturgia SESI – Teatro Guaíra, que durante o ano de 2015 desenvolveu atividades ligadas à estudos cênicos e grupos de teatro em Londrina, o SESI promove nesta semana uma mostra de teatro com quatro espetáculos gratuitos. O evento dá destaque à novos nomes da dramaturgia regional, vários dos autores estão realizando suas estreias na assinatura das peças. Os espetáculos dialogam todos com conflitos e questões ligadas á temas contemporâneos. Quatro novos dramaturgos despontam no cenário londrinense esta semana: Francismar Lemes, Mariana Corale, Marina Stuchi e Rafaela Martins.

O espetáculo 'Antes do Grito' será apresentado nos dias 28 e 30/04. Ele possui texto e direção de Rafaela Martins e atuação de Rafaela Martins e Carol Alves - Foto: Allan Ferreira.
O espetáculo ‘Antes do Grito’ será apresentado nos dias 28 e 30/04. Ele possui texto de Rafaela Martins e direção de Mayara Dionísio – Foto: Allan Ferreira.

Os espetáculos iniciam nesta quarta-feira (27) com a peça “mEU” de Marina Stuchi. Os espetáculos serão todos apresentados em dois horários diferentes com ingressos sendo distribuídos uma hora antes do início de cada sessão. Todos os textos encenados nas apresentações foram desenvolvidos por participantes das oficinas com a colaboração do dramaturgo Maurício Arruda Mendonça. Ao RubroSom, a jornalista Rafaela Martins (Autora da peça ‘Antes do Grito’) contou um pouco sobre o processo da escrita da peça. “Em junho eu comecei a esboçar o texto que foi ficar pronto em novembro. Logo começamos a montagem do espetáculo e mesmo durante o processo de montagem da peça eu revisava o texto e fazia pequenas modificações, isso porque é a primeira vez que escrevo para teatro e algumas coisas só funcionavam como literatura. Foi um processo de muito aprendizado em todas as etapas” relata Martins. Nesta quarta, a mostra abre com o monólogo ‘mEU’, que será apresentado a partir das 19h30.

mEU


Confira programação das peças:

27/04
19h30 – “mEU” de Marina Stuchi – Sala Multiuso
21h – “Ontem à Noite Caía o Sol” de Mariana Corale – Teatro

28/04
19h30 – “Antes do Grito” de Rafaela Martins – Teatro
21h – “Mergulho de Escafandro” de Francismar Lemes – Sala Multiuso

29/04
19h30 – “mEU” de Marina Stuchi – Sala Multiuso
21h – “Ontem à Noite Caía o Sol” de Mariana Corale – Teatro

30/04
19h30 – “Antes do Grito” de Rafaela Martins – Teatro
21h – “Mergulho de Escafandro” de Francismar Lemes – Sala Multiuso


Espetáculo Antes do Grito

A peça “Antes do Grito” conta a história de duas irmãs que convivem com os traumas e abusos sofridos na infância e que, em um processo de resgate destes momentos, conseguem promover um rito de cura e libertação. O espetáculo tem texto de Rafaela Martins, direção de Mayara Dionísio e atuação de Rafaela Martins e Carol Alves.

Espetáculo mEU

Uma atriz de 33 anos decide romper com seus personagens e ir em busca de sua identidade. Para tanto, ela dialoga com outros personagens que fizeram parte de sua história. Monólogo escrito e atuado por Marina Stuchi.

Espetáculo Mergulho de escafandro

Existem dias de respirar fundo e dias para cortar os pulsos. Mas existem dias piores. Para sobreviver a esses dias é preciso ultrapassar os limites, como os personagens de “Mergulho de Escafandro”, peça que narra a trajetória de cinco refugiados à deriva no mar.

Texto: Francismar Lemes
Direção: Sérgio Mello
Elenco: André Martins, Nathan Sinval, Rebeca Oliveira, Ricardo Bagge e Sérgio Mello
Trilha sonora: Leandro Benfatti e André Martins
Fotografia: Alex Tcho
Assessoria figurinos: Marcely Saes
Concepção de espaço cênico, iluminação e direção: Sérgio Mello

Espetáculo Ontem à Noite Caía o Sol

Atrás de arquivos, assim vive Ana, permeada por um desejo de memória. Ana vive com Iuri em um pequeno apartamento em uma cidade grande, uma cidade brasileira, no início dos anos 2000. Iuri assiste aos caminhos de Ana mas, ele não imagina que sua história, seu passado está encruzilhado nesses vestígios e registros.

Dramaturgia: Mariana Corale
Atores: Ricardo Bagge e Mariana Corale
Iluminação e operação técnica: Rafael Motta
Ilustração : Ricardo Bagge

(Com informações da Assessoria de Imprensa)


Serviço

Mostra de Dramaturgia Sesi – Teatro Guaíra – Londrina
Quando:
De 27 a 30/04 /  A partir das 19h30
Onde Centro Cultural Sesi/AML – Praça Primeiro de Maio, 130 – Londrina/PR
(Retirar ingressos com uma hora de antecedência)