SOS Cemitério – Vila Cultural realiza evento com música e literatura

Acontece nesta sexta-feira (17) na Vila Cultural Cemitério de Automóveis uma ação entre amigos, com o objetivo, de arrecadar recursos para o espaço. Com uma programação eclética, o evento reúne discotecagens, feira de livros e também música ao vivo (Veja a seguir). No mesmo ano em que o espaço completa 10 anos, após o recente cancelamento do edital do Promic, artistas, colaboradores e pessoas ligadas ao espaço buscam realizar ações alternativas para arrecadar fundos e recursos para manutenção do espaço.

16825976_1451011641577630_3272954308802526615_o

Nesta sexta (17) três bandas sobem ao palco do Cemitério, tocam de forma totalmente voluntária: Orifício dos Deuses, Luke de Held Trio, Os Sucuris e The Brown Vampire Catz . Um outro evento é previsto ainda para o dia 25 o Sarau: prosa, poesia e outras delícias, um almoço com Samba (revivando o PédeSamba), a apresentação do espetáculo circense “Carabina e Leleca”, uma festa Brega, outro S.O.S Cemitério, a festa, a apresentação do espetáculo “Trouxe a chave pra libertar sua tristeza”. A Vila Cultural Cemitério de Automóveis conta com espaço para exposição, teatro com arquibancada e biblioteca. O evento começa a partir das 21h com entrada a partir de R$5.

Alguns eventos literários durante o festival (Em 2016) acontecem na Vila Cultural Cemitério de Automóveis - Foto: Bruno Leonel/Rubrosom.
Alguns eventos literários durante o festival (Em 2016) acontecem na Vila Cultural Cemitério de Automóveis – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom.

Em 2017, mesmo ano em que o espaço completa 10 anos o espaço precisa pagar três aluguéis atrasados. Christine explica que a questão do cancelamento os pegou desprevenidos, sem reserva financeira. Em dezembro não fizeram caixa pois a Vila ficou interditada para a reforma de uma parede que estava para desabar. Agora com a casa fisicamente em ordem está pronta para receber apresentações das mais diversas, além de eventos e outras propostas. O evento conta ainda com a DJ Alicia.


SERVIÇO
SOS Cemitério – A Festa
Onde: Cemitério de Automóveis – 
R. João Pessoa, 103
C/ Orifício dos Deuses, Os Sucuris, The Brown Vampire Catz e Luke de Held
Quando:
Sexta-feira (17) às 121h
Entrada: R$ 10 (R$ 5 meia)

Scratch a Fire – Evento beneficente com música acontece neste domingo

Acontece neste domingo (12) na Vila Cultural Cemitério de Automóveis a terceira edição do evento Scratch A Fire, que visa fomentar cultura além de coletar doações para instituições (alimentos, roupas, ração animal, etc). Essa terceira edição vai contar com a seleção musical dos Djs: DIQ, Ikeda e do duo Abrakadan Sounds com 1 convidado de SP ( Radiola Preta).
scratch_line up

O evento terá também presença do projeto troca de livros ( Você leva o seu livro parado na estante e troca por outro no stande do projeto) além de coleta de alimentos no espaço, sendo que, todos os produtos obtidos serão doados para o Hospital do câncer de Londrina.


Serviço: Scratch A Fire #003
Quando: Domingo, dia 12 de fevereiro.
Quanto: R$10 com nome na lista (Mural do evento) ate 18h.
R$15 sem o nome na lista.
Pra validar a entrada, doe seu KG de alimento na entrada.
Horário: 16h a 01h.

Cemitério de Automóveis é interditado em Londrina

Questões estruturais fizeram com que a Vila Cultural Cemitério de Automóveis em Londrina fosse interditada desde o último final de semana. Segundo divulgado, o local passará por reformas para o reparo de duas paredes com rachaduras e que apresentam riscos de desabar.

Cemitério de Automóveis é interditado em Londrina
Frequentemente, o cemitério foi palco de outros eventos literários como o lançamento do livro da autora Edra Moraes em setembro – Foto: Arquivo Bruno Leonel/Rubrosom.

Segundo nota publicada pelo espaço, os trabalhos para concerto foram iniciados nesta segunda-feira e o prazo para conclusão é de aproximadamente uma semana. “Logo voltaremos com total segurança para todos”, informa a nota assinada pela diretora da Vila Christine Vianna. Atividades planejadas para este período de reparos serão remanejadas. Acompanhe a página do Cemitério de Automóveis para mais informações. A vila conta com o apoio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC). O ‘Cemitério’ fica na Rua João Pessoa, 103-A, no centro.

Cemitério: Sarau de poesia acontece nesta sexta

Nesta sexta-feira (30), às 20 horas, a Vila Cultural Cemitério de Automóveis, promove mais uma edição do tradicional “Sarau: Prosa, poesia e outras delícias”, com o tema “Histórias de amor”. O evento reúne música, teatro, exposições, muita literatura e poesia. Será na sede da Vila, que fica na rua João Pessoa, 103 A. A entrada é franca e quem quiser pode levar um prato de doce ou salgado.

Cemitério: Sarau de poesia acontece nesta sexta
Frequentemente, o cemitério foi palco de outros eventos literários como o lançamento do último livro da autora Edra Moraes nesta semana – Foto: Bruno Leonel/Rubrosom.

Entre as atrações estão a exposição da artista visual, natural de Rolândia, Jéssica Bozzi e as músicas autorais do jovem artista londrinense Brayan Thompson e seu Barbakã Azul, além do músico e também compositor Gabriel Camilo, de Florestópolis.

As artes cênicas serão representadas pelos atores Leandra Azevedo, Thaís Bastos Fernandes, Ana Lívia Fukushigue, Carlos Galera e Sergio Mello. Já a poesia e a literatura serão interpretadas pelos atores Christine Vianna, Mário Sérgio Fragoso e Arthur Reis, o poeta Marcos Savae, o músico Arthur Santana, a doutora e autora Cláudia Bergamini e o tradutor, ensaísta e professor Frederico Fernandes.Qualquer pessoa poderá participar das apresentações do Sarau. Para isso, basta entrar em contato com antecedência com a produção da Vila Cultural, pelos telefones 8409-0990/9830-1170.

O “Sarau prosa poesia e outras delícias” é um projeto aprovado pelo Ministério da Cultura e é realizado mensalmente, desde 2008, pela Vila Cultural Cemitério de Automóveis. A Vila existe desde 2007, levando literatura, artes visuais e cênicas à comunidade londrinense e conta com patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).

(Com informações da Assessoria de Imprensa)


Serviço:
Quando: Dia 30 de setembro, 20 horas, entrada franca
Onde: Na Vila Cultural Cemitério de Automóveis
Rua João Pessoa, 103-A
Londrina-PR

Poesia – Edra Moraes lança livro nesta terça

A escritora londrinense Edra Moraes lança nesta terça-feira (27) seu terceiro livro intitulado, com poemas, intitulado ‘Para ler enquanto escolhe feijão’ publicado pela Atrito Arte. O trabalho é resultado de aproximadamente dois anos de produção da autora. “Algumas pessoas falam que minha escrita é mais intimista escrevo aquilo que eu vivencio, que eu vejo no meu dia-a-dia. O que eu tentei neste terceiro volume foi sair das metáforas, tentei sair da poesia como ‘mundo em que eu não existo’, e falei de coisas mais reais. Acredito na poesia e arte como forma de redenção, como forma de ressignificar algumas coisas”, contou a autora ao Rubrosom. O lançamento acontece hoje na Vila Cultural Cemitério de Automóveis. às 20H.

14435289_1283141438363083_1488168982686771760_o
Assim, com palavras diretas, sem delongas, a moça se expõe a quem vai caminhar pelos cenários de sentimentos erigidos por ela em linhas apaixonadas, acomodadas nos poemas. Não esperem por mulheres diáfanas, olhares distraídos, almas frágeis como hastes vergando ao vento, desmaiando em versos. Despudorada, terrena, ela é toda nudez, traz à tona o que era silêncio, emenda vozes torturadas e mudas, falas iluminadas, felizes, por vezes tontas, febris, esquecidas.Confissões eivadas de paixão, sem dúvida, mas em climas amenos, sem acréscimo de elementos trágicos àquilo que por si só já é drama.
Edra Moraes, a autora, recompõe sua presença em novo retrato neste “Para ler enquanto escolhe feijão”. Esse ir e vir, fenecer e reinaugurar-se é o movimento constante da existência, todas as tonalidades dando cor e brilho ao sentimento. Edra Moraes foi volúpia em seu livro inaugural “Da divina, da humana, da profana”. Nesta nova empreitada poética as confissões têm algo de etéreo e rude envolvidas numa delicadeza que gera fascínio, como se coberta por véus de intenções e recados. A gente até se esquece do feijão, seguindo os passos, as pistas, as delícias no contato com esse mundo complexo de abismos e alturas, porém jamais desabençoado.

Aos desavisados de plantão, um aviso sintetizado no título do primeiro texto deste livro: “Eu não sou musa, sou poeta”, segundo Edra, a passagem, assim como o título, faz alusão ao preconceito e à descriminação ligada ao  papel da mulher e da visibilidade feminina, muitas vezes subestimada, em espaços literários. “Encontrei, durante algumas leituras, um texto antigo que falava: ‘As mulheres que ousam outro papel na literatura, que não seja de musa…são taxadas como vedete…’, o que mostra como era o preconceito, em várias épocas, tanto na Literatura beat (anos 60), como na Semana de Arte de 22 (Que teve Anita Malfati como uma das grandes idealizadores), nunca falam das mulheres que participaram dos movimentos, nunca lembram. Por aqui mesmo, nós lutamos o tempo todo para trazer mulheres para eventos como o Londrix (Festival Literário de Londrina). Vivemos uma época de mais empoderamento do papel feminino, mas  sua produção é pouco falada…”, analisa a escritora durante conversa com nossa reportagem.

Embora seja atuante na literatura há anos, tanto na produção como também na organização de eventos, Edra conta que ainda é muito ligada à produções recentes de arte e literatura. “Leio muitos autores contemporâneos, tenho a obrigação de passar os olhos e acompanhar autores da atualidade, ver o que está acontecendo – Eu analiso muito, essa coisa de ‘poeta bom é poeta morto’, essa ideia veio um pouco com a classe dominante, que prega uma certa ‘Elitização da arte’, algo como: ‘Se eu conheço autores consagrados, eu sou melhor” e não deve ser assim. Hoje mesmo, temos uma época muito positiva, em Londrina mesmo há uma produção em alta, autores como Rodrigo Garcia, Felipe Pauluk, Manuela Pérgola… Célia Musili. Muita coisa boa sendo feita…”, comenta Edra sobre o momento na cidade. E o questionamento vem aí, ‘Será que nós saímos da cozinha?”,  sobre o papel da mulher da sociedade atual, “É uma questão tão antiga e, as vezes, parece que não evoluímos nisso, no debate…..”, pontua Edra. O trabalho gráfico foi todo feito pela artista Daniela Stegman, cujas ilustrações e artes deram um aspecto ‘antigo’ através de iluminuras. Além do evento, o livro será vendido na página da Atrito Arte. A Vila Cultural Cemitério de Automóveis, tem o patrocínio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC).


SERVIÇO

Lançamento ‘Para ler enquanto escolhe feijão’ de Edra Moraes
Onde:
Cemitério de Automóveis em Londrina (Rua João Pessoa, 103-A)
Quando: Terça-feira (27) às 20h
(Entrada gratuita)

Cemitério de Automóveis realiza Sarauzinho nesta quinta

Acontece nesta quinta-feira (1), no Cemitério de Automóveis, mais uma edição do projeto Sarauzinho, voltado ao público infanto-juvenil, para crianças a partir de cinco anos. Nesta edição, o evento ocorre em dose dupla, às 9 e às 14h30 horas, com ‘contação’ da história “O nome da fruta” e o espetáculo de circo-teatro “Dupla de Dois”. Também haverá a oficina “Encantamentos Poéticos”, às 17 horas, com a professora, atriz e produtora cultural Christine Vianna.

A entrada é franca e o agendamento para as atividades pode ser feito pelo telefone (43) 8409-0990. A Vila Cultural Cemitério de Automóveis fica na Rua João Pessoa (103-A) e conta com patrocínio da Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic). A contação de história “O nome da fruta” foi recriada por Chico dos Bonecos a partir do livro “Contos Populares do Brasil”, de Silvio Romero. Será contada no Sarauzinho por Gilza Santos.

sarauzinho0

O espetáculo “Dupla de Dois” conta a história de Leleca, uma palhaça que deseja se tornar artista e insiste em fazer dupla com Carabina, palhaço que pretende apresentar seu número a plateia. A proposta deste circo-teatro é apresentar às novas gerações a herança da antiga tradição dos palhaços, trazendo entretenimento e diversão ao público. Tudo isso resgatado com espírito contemporâneo através de esquetes clássicas do circo tradicional adaptadas em releituras atuais.

Oficina – A partir das 17 horas, será realizada a oficina “Encantamentos Poéticos” – Formação de Leitores, com a idealizadora do projeto Sarauzinho e produtora cultural Christine Vianna. O objetivo é incentivar o hábito da leitura em crianças, multiplicando a importância da leitura diferenciada através de técnicas de uso da voz e corpo, como contar, falar e encantar.

Sarauzinho – Trata-se de um projeto de Londrina que trabalha a tradição da transmissão de conhecimentos através da oralidade como a contação de histórias e as esquetes clássicas de palhaços do circo nacional. As ações são apresentadas de forma lúdica e sensível às novas gerações.

Voltado ao público a partir de cinco anos de idade, as apresentações são vistas pela idealizadora do projeto, Christine Vianna, como atividades lúdicas que ampliam a imaginação e ajudam a criança a organizar sua fala, através da coerência e da realidade. O ver, sentir e ouvir são as primeiras disposições na memória das pessoas. São experiências de interação, utilizando-se o ato da fala e recursos cênicos.

(Com informações da assessoria de imprensa)


SERVIÇO
Onde: Cemitério de Automoveis (R João Pessoa, 103)
(Às 09 horas e 15 horas -Entrada Franca)
Palhaço Carabina e Palhaça Leleca (Sergio Mello, Leandra Azevedo e Beatriz Boselli)
e contação de história com Morgana
17 horas: Oficina “Encantamentos Poéticos” – Formação de Leitores com Christine Vianna
Reservas através da produção com Sérgio Mello: 8409-0990

Cemitério de Automóveis realiza ‘Baile do LP’ nesta quarta

A Vila Cultural Cemitério de Automóveis realiza nesta quarta-feira (25), véspera de feriado, o tradicional Baile do LP. O evento está em sua quarta edição do ano e as apresentações musicais, que utilizam exclusivamente disco de vinil, começam às 21 horas. O Cemitério de Automóveis conta com patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic). O endereço é rua João Pessoa, 103-A.

13131676_1167539269947146_7580701745000740313_o

O som desta edição do Baile do LP fica por conta dos DJ’s Fox, Jesstep, João Vezozzo e Gustavo Veiga. A entrada custa R$ 5 até 22horas, e a partir desse horário o valor será R$ 10 por pessoa, com pagamentos apenas em dinheiro.

Durante o evento também acontece a Feira do Baile que, nessa edição, trará opções de vinil para venda, moda, artesanato e muito mais. (Com informações da Prefeitura de Londrina)


SERVIÇO
Baile do LP
Quando: Quarta-feira, 25 de Maio de 2016 | Das 21h às 03h
Entrada: R$ 5 até às 22h, depois R$ 10 (apenas em dinheiro)
Local: Vila Cultural Cemitério de Automóveis
Contato: bailedolp@gmail.com
+18 Proibida a entrada de menores

 

Peça TRANScriações é encenada nesta quinta em Londrina

A Vila Cultural Cemitério de Automóveis recebe nesta quinta-feira (19) a performance teatral Transcriações: Sobre as mudanças dos tempos e os corpos das Transições”. O trabalho da Companhia Transviados Performáticos, de Brasília, é inspirado nas travestis das obras literárias “Nossa Senhora das Flores” e “Diário de um Ladrão, do escritor e dramaturgo francês Jean Genet. A apresentação tem início às 20h30, e os ingressos custam R$5,00. A Vila Cultural Cemitério de Automóveis, (Rua João Pessoa, 103), assim como conta com patrocínio da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic). A Apresentação da companhia Transviados Performáticos será às 20h30 na Vila Cultural, que conta com patrocínio do Promic.

trans3

A peça Transcriações surgiu do desejo da companhia brasiliense em ampliar as discussões referentes a relações entre corpo, gênero, heteronormatividade e sexualidades transviadas na contemporaneidade. Com o uso de gêneros mistos e linguagens experimentais, o grupo explora uma mistura de fato e ficção, realidade social e cultura pop, humor transviado e ativismo político, transviação genérica e transgressão.

O diretor da companhia, Rafael Garcia, explicou que a peça é performativa e política, baseada nas personagens travestis dos livros de Jean Genet, e também nas pesquisas sobre gêneros e sexualidade em autores pós-modernos. “Ela também é pautada nas nossas memórias pessoais, e nestes estudos desenvolvidos na Universidade de Brasília. A montagem traz metáforas que fizemos através dessas leituras. Ali, a gente brinca com aspectos do que é ficção e o que é o real”, adiantou.

Segundo a diretora da Vila Cultural Cemitério de Automóveis, Christine Vianna, receber o espetáculo é uma oportunidade de contato com novas linguagens e temáticas. “Além das produções próprias que executa, a Vila também abre suas portas para produções de outras cidades. E esse contato é muito importante, para reciclar o olhar e conhecer coisas além da sua região”, afirmou.

A peça Transcriações foi contemplada em 2014 com Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz, na categoria Montagem. Logo após a apresentação teatral, será realizado o Pileque Filosófico. Participam do debate os docentes da Universidade Estadual de Londrina, Giovanni Cirino e Aguinaldo de Souza, e os integrantes da Companhia Transviados Performáticos.

A companhia brasiliense também estará presente na festa Transpicália, que será nesta sexta-feira (20), na Vila Cultura Cemitério de Automóveis. Pequenos altares do cenário estarão desmembrados em espaços da festa, com trechos do espetáculos encenados como intervenção. A festa começa às 20 horas, e os ingressos custam R$10,00. As apresentações musicais ficam por conta da banda Abacate Contemporâneo e o DJ Gustavo Veiga.

(Com informações da Prefeitura Municipal de Londrina)


 

SERVIÇO

Peça: TRANScriações
LOCAL: Vila Cultural Cemitério de Automóveis
DIA: 19/05 ( quinta-feira)
HORÁRIO: 20:30
INGRESSO: 5,00 $