Voz e piano – Concerto neste sábado, inaugura curso de performance em Londrina

Acontece neste sábado (25) no Teatro Crystal a apresentação inaugural do curso “Voz e Corpo – Laboratório de Performance no Palco” ministrado pelas professoras  Edna D’Oliveira e Edineia de Oliveira (De SP). A apresentação de hoje inaugura o curso que será ministrado por elas até o dia 05 de março. O laboratório contemplará repertórios e técnicas para cantores que desejam praticar os mais diversos estilos: Ópera, Musical e Música Popular Brasileira. Ainda há a opção de realizar as aulas como aluno solista, com aulas individuais ou coralista, com aulas em grupo. Ao todo serão quatro concertos ao longo do curso.

Edna D'Oliveira e Edineia de Oliveira, irão ministrar o curso ao longo dos próximos dias - Foto: Divulgação
Edna D’Oliveira e Edineia de Oliveira, irão ministrar o curso ao longo dos próximos dias – Foto: Divulgação

As aulas acontecerão durante todo o dia, sendo o período matutino para todos inscritos, com aulas em formato de ensaio para as apresentações. Já durante a tarde os alunos solistas serão orientados individualmente, mas com formato de masterclass, o que possibilita que os alunos ouvintes (aberto para todos participantes) aprendam com as evoluções dos outros alunos. O período noturno será destinado para trabalho com os alunos coralistas, com ensaios de naipe e grupo todo. As vagas são limitadas, visando otimizar a atenção individual.

O concerto, aberto ao público, con com as professoras Edna e Edineia, irmãs de sangue e de arte, terá participação dos pianistas Jailton Santana e Clenice Ortega, que acompanharão os alunos durante todo curso. Nos dias 03, 04 e 05 de março acontecerão os concertos de encerramento, trazendo aos palcos o resultado do trabalho realizado nas aulas, oficinas e ensaios.

Ingressos –  podem ser adquiridos pelo financiamento coletivo (www.catarse.me/vozecorpolab), pelo Whatsapp (11) 99720-4207, por e-mail (vozecorpo@gmail.com) ou no restaurante “Strassberg – Tortas Alemãs” (Falar com Gisela, Ingrid ou Angela).


SERVIÇO

Concerto com Edna D’Oliveira e Edineia Oliveira
Local: Teatro Crystal (Rua Quintino Bocaiuva, 15) – 20h
Quando:
Sábado (25)
Entrada: R$ 40,00

Outros concertos

03/03 às 19:30 – Concerto de Árias – R$ 20,00
Concerto com os solistas do curso, no SESC Londrina, na Rua Fernando de Noronha 264.04/03 às 20:00 – Concerto de Ópera – R$ 20,00
Concerto encenado com duetos e conjuntos de ópera, com solistas e coro, no Teatro Crystal
05/03 às 17:00 – Concerto de MPB e Ópera – R$ 20,00
Concerto encenado com duetos e conjuntos de MPB e Musical, com solistas e coro, no Teatro Crystal

Informações: Monique Kodama  – 999128765
http://giselastrass.wixsite.com/laboratoriovozecorpo

Londrina – Um Canto em Cada Canto realiza 3º concerto

Nesta sexta-feira (28), às 20 horas, o projeto “Educação Musical através do Canto Coral – Um Canto em Cada Canto” fará a terceira apresentação da semana, em comemoração ao aniversário de 15 anos de atividade, com o tema “É Dia de Festa”. O evento tem entrada franca e será realizado no auditório da 1ª Igreja Presbiteriana Independente de Londrina (Espaço Esperança), na av. Celso Garcia Cid, 747.

Ao todo, durante as três apresentações – iniciadas na quarta-feira (26) – participaram 1.050 estudantes das 19 escolas municipais que são atendidas atualmente pelo projeto. São crianças do 3º, 4º e 5º ano do ensino fundamental, com idade entre 8 e 12 anos. As apresentações serão compostas por 13 músicas, que passam por temas brasileiros e incluem peças de música japonesa, africana, uma canção baseada no rap, entre outras surpresas.

A coordenadora pedagógica do projeto, Oleide Lelis, ressaltou que a música tem o papel fundamental de incentivar as crianças a desenvolverem mais concentração, disciplina, criatividade e autoestima. “Convidamos toda a comunidade londrinense para prestigiar o nosso trabalho, disse.

Sobre o projeto – Nos 15 anos de existência, o projeto já beneficiou mais de dez mil crianças de todas as regiões de Londrina. O objetivo é oferecer uma prática educativa de iniciação musical por meio do canto em grupo dentro do ambiente escolar. As atividades permitem que os alunos desenvolvam habilidades cognitivas além da formação musical, estimulando a disciplina, a concentração e o senso coletivo.

Atualmente, são atendidas cerca de 1.200 crianças de 19 escolas municipais de Londrina. Os alunos são orientados por 13 monitores (regentes e pianistas) especialistas em música, o que permite o contato com processos de apreciação, criação e execução musical.

Desde seu início, em 2002, o projeto é patrocinado pela Secretaria Municipal de Cultura, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), que oferece o benefício a 11 das 19 escolas atendidas.

Em 2016, o projeto ampliou o atendimento às escolas por meio de um termo de convênio firmado entre a Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria Municipal de Educação e a Associação Cultural Um canto em Cada Canto, detentora do projeto. Com isso, outras oito unidades escolares começaram a participar das atividades do projeto, passando a atender, aproximadamente, mais 700 alunos.

28 de outubro – 20 horas – E.M. Zumbi dos Palmares – Noêmia A. G. Malanga – E.M. Hikoma Udihara – E.M. Maria Carmelita V. Magalhães – E.M. Carlos Kraemer – E.M. Prof. Geni Ferreira

(Com informações da Assessoria de Imprensa)

Novo grupo vocal da UEL busca criar repertório eclético

Desde a semana passada, a Divisão de Música da Casa de Cultura da UEL, passou a contar com mais um grupo vocal em sua estrutura. O novo projeto denominado Grupo Vocal Épocas, será comandado por Edvaldo Sousa, servidor da Divisão e Instrumentista Musical.

'O grupo surgiu com a ideia de que criássemos uma conduta diferenciada em relação á repertório", contou Edvaldo Sousa, servidor da Divisão e Instrumentista Musical que irá comandar o grupo.
‘O grupo surgiu com a ideia de que criássemos uma conduta diferenciada em relação á repertório”, contou Edvaldo Sousa, servidor da Divisão e Instrumentista Musical que irá comandar o grupo – Foto: Bruno Leonel/RubroSom

O grupo nasceu com a finalidade de desenvolver um repertório diferenciado e que possibilite aos seus integrantes viajar musicalmente, partindo de referências ecléticas indo desda a música renascentista (Baseando-se em compositores como Juan del Encina) e os demais períodos, passando pela música Folclórica, música Sertaneja de Raiz, Jovem Guarda, Bossa Nova, MPB e chegando à música atual, observando sempre a viabilidade musical da obra que pode variar do uníssono à 4 vozes, podendo também ser acompanhado das mais variadas formações instrumentais dependendo do estilo da peça em ensaio. “É uma nova proposta da Casa de Cultura, junto a diretoria foi pedido para que criássemos uma conduta diferenciada em relação á repertório. Quando á variedade, em todas as épocas há músicas boas, tentaremos pensar nas melhores de cada época… As audições acontecem agora no mês de junho e no próximo mês teremos já ensaios. Pensamos também em levar o grupo para apresentações no final deste ano”, contou ao RubroSom o instrumentista Edvaldo.

O grupo foi pensado para um efetivo de 20 integrantes, porém, poderá trabalhar com até 30 cantores/as, com idade a partir de 14 anos e com disponibilidade para ensaiar uma vez por semana no período noturno. Apesar da abrangência musical, a ideia é formar um repertório com arranjos de rápida compreensão, podendo em alguns casos serem elaborados arranjos específicos para o grupo.

Os ensaios acontecerão todas as quintas-feiras das 19:00 às 21:00 horas na sala (garagem) da Divisão de Música e terá como diferencial aulas de teoria musical básica com duração de meia hora, sempre no início dos ensaios.
Podem participar do grupo todas as pessoas que se identificarem com a proposta apresentada, e que possuam alguma aptidão, não sendo necessária nenhuma formação musical anterior. Será feita apenas uma pequena audição para classificação vocal.

O grupo estará realizando audições durante todo o mês de junho para completar o efetivo que já conta com 12 cantores oriundos do Coro da UEL, Coral HU em Canto, Coro Juvenil da UEL e da comunidade londrinense, bem como, da cidade de Rolândia. Os(As) interessados(as) poderão se dirigir à Rua Tupi, nº 210, Centro de Londrina, das 17:30 às 19:00h nos dias de ensaio. Inscrições e participação são totalmente gratuitas.


Serviço
Mais informações poderão ser obtidas na secretaria da Divisão pelo telefone: (43)3322-5224 (horário comercial).

Encerramento da Mostra de Canto Lírico é neste domingo

É neste domingo (22) o concerto de encerramento da Mostra de Canto Lírico, realizada pelo projeto “Ópera, por que não?”. O concerto será às 10h30 no Cine Com-Tour, acompanhando a Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina (Osuel). A apresentação será regida pelo maestro italiano Alessandro Sangiorgi, que também é diretor artístico do projeto. O Cine Com-Tour fica na avenida Tiradentes, 1.241, e a entrada para o concerto é gratuita.

A programação da Mostra também inclui recital neste sábado (21), às 10h30, no Colégio Mãe de Deus. O acesso é pela entrada da rua Goiás. À tarde, os artistas realizam a Mostra Infantil na sede da Secretaria Municipal de Cultura. A apresentação será às 16 horas, na Praça Primeiro de Maio, 110.

A coordenadora-geral e assistente de direção da Mostra, Hylea Ferraz, explicou que o concerto de encerramento é fruto de convite feito pela Osuel para que o projeto “Ópera, por que não?” participasse da Temporada Ouro Verde da orquestra. As demais apresentações foram realizadas em diversas regiões da cidade, especialmente em locais afastados do centro. “Nosso objetivo principal é levarmos a música lírica a quem não conhece, despertando nessas pessoas o gosto e interesse pela ópera. Podemos dizer que fomos além das expectativas, pois percorremos diversos bairros da cidade. O público lotou os espaços e permaneceu até o fim das apresentações, sendo que para muitos aquele foi o primeiro contato com música lírica”, comemorou Hylea.

programação6
Vários recitais (E até mostras infantis) marcaram a programação – Foto: Divulgação

A coordenadora afirmou que com o sucesso da Mostra de Canto Lírico, já está sendo programada uma segunda edição para 2017. “Nossa intenção é que já no segundo semestre deste ano, a gente consiga realizar pelo menos mais dois recitais. Outra ideia é continuarmos trazendo cantores para acompanharem a temporada da Osuel, especialmente solistas do Paraná”, adiantou.


 

Programa do concerto de encerramento da Mostra de Canto Lírico:
Bizet, Carmen, Ouverture

Rossini, Il Barbiere diSiviglia, Ária “Largo alfactotum”
Thiago Montero

Rossini, Il Barbiere diSiviglia, Ária “Una vocepocofa”
Camila Santiago

Verdi, La Traviata, Ária “Lunge da lei”
João Miguel Aiub

Puccini, Madama Butterfly, Ária “Un bel dìvedremo”
Patrícia Mello

Wagner, Meistersingersvon Nuremberg, Ária “Morgenlichleuchtend”
Ivan Moraes

Puccini, La Bohème, Ária “Quando menvò”
Michele Coelho

Puccini, La Bohème, Quarteto “Dunqueèproprio finita”
Ivan Moraes, Michele Coelho, Patrícia Mello e Thiago Montero

Dvorak, Rusalka, “Canção da Lua”
Patrícia Mello

Verdi, Rigoletto, Quarteto “Undì, se benrammentomi”
Camila Santiago, João Miguel Aiub, Michele Coelho e Thiago Montero

Bizet, Carmen, Ária “VotreToast”
Thiago Montero

Puccini, La Rondine, Quarteto “Bevoaltuo fresco sorriso”
Ivan Moraes, João Miguel Aiub, Patrícia Mello e Michele Coelho