Por Bruno Leonel

Dando continuidade à sua ideia de promover filmes ‘fora de eixo’, assim como, ser uma vitrine para produtores locais de áudio-visual começa amanhã a 18ª Edição do Festival Kinoarte de Cinema. Neste ano, o evento dará destaque à produção nacional e promovendo diversos links entre assuntos em pauta em todo o País e temáticas locais (Temáticas como povos indígenas e a cultura Afro estão presentes em filmes deste ano), segundo a divulgação, até o próximo dia 27, em um período de 10 dias, serão apresentados 64 filmes 64 filmes em 80 sessões promovidas no Cineflix do Aurora Shopping e no Cine Com-Tour UEL.

O curta-metragem "Quando o Verde toca o Azul" será exibido no dia 25/11 - Foto: Divulgação
O curta-metragem londrinense  “Quando o Verde toca o Azul” segundo curta-metrgem de Letícia Nascimento, será exibido no dia 25/11 – Foto: Divulgação

A programação foca principalmente em filmes que vêm obtendo destaque nos principais festivais de cinema do mundo em 2016. É o caso de “Martírio”, documentário premiado no Festival de Brasília este ano,na categoria Juri Popular. O segundo filme da trilogia do diretor e indigenista Vincent Carelli, criador do projeto Vídeo nas Aldeias, será exibido nesta sexta-feira, às 20 horas. Segundo divulgado, haverá um link com o documentário local “Eg In: Nossa Casa”, realizado na Terra Indígena Apucaraninha (Direção de Luis Henrique Mioto, Eduardo Tardeli e Rafael Sosa) que será exibido no sábado, dia 26… “Sempre tentamos colocar o máximo de filmes da cidade, foram submetidos ao festival cerca de 15 filmes e 8 entraram no festival. Vemos sempre aspectos como o domínio da linguagem, aspectos técnicos, a ideia que o diretor propôs e também um certo experimentalismo”, contou o jornalista Bruno Ghering, coordenador de produção do Festival Kinoarte ao Rubrosom.

O filme "Canto do Claustro' que já foi exibido em uma mostra do Festival de Cannes (França) é um dos selecionados - Foto: Divulgação
O filme “Canto do Claustro’ que já foi exibido em uma mostra paralela do Festival de Cannes (França) é um dos selecionados – Foto: Divulgação

Outro destaque pela produção é o filme “Pitanga”, dirigido por Beto Brant e Camila Pitanga, que traz como tema a vida e obra do ator Antônio Pitanga. Devido a uma coincidência de datas, o domingo (20) terá programação dedicada ao Dia da Consciência Negra, no mesmo dia será apresentado o documentário londrinense “Dona Vilma”, filme que conta a história de Vilma Santos de Oliveira, também conhecida como Yá Mukumby, passando por sua trajetória pessoal, e política, ligada ao movimento negro da cidade. Outro destaque fica por conta do curta ‘O Pelourinho’ (Camila Yoshida e Felipe Pauluk) que foi filmado inteiramente em VHS.

O filme conta a história de Vilma Santos de Olivieira, também conhecida como Yá Mukumby, passando por sua trajetória pessoal e política com destaque para sua participação na instauração do processo de cotas na Uel - Foto: Divulgação
O filme conta a história de Vilma Santos de Olivieira, também conhecida como Yá Mukumby, passando por sua trajetória pessoal e política com destaque para sua participação na instauração do processo de cotas na Uel – Foto: Divulgação

Elogiado, o documentário “Cinema Novo”, dirigido por Eryk Rocha, filho do cineasta Glauber Rocha também integra a programação do evento. Trata-se de um ensaio poético que investiga um dos principais movimentos do cinema latino americano que inventou uma nova forma de fazer cinema no Brasil, nos anos de 1960. A produtora Joelma Oliveira Gonzaga fará a apresentação do filme ao público londrinense. No ano em que o País sediou os Jogos Olímpicos, o esporte será representado no Festival Kinoarte com a exibição de quatro filmes realizados por meio do programa Memórias do Esporte Olímpico Brasileiro, do canal ESPN. São eles: “O Nadador”, do diretor londrinense, Rodrigo Grota, que conta a história de Tetsuo Okamoto, o primeiro nadador brasileiro a ganhar uma medalha olímpica; “Procura-se Irenice”, de Marcos Escrivão e Thiago Mendonça, que apresenta a trajetória da atleta negra Irenice e seus embates com a ditadura militar de 64; “Irmãos Grael”, de Marina Pessanha, sobre as conquistas dos iatistas Lars e Torben Grael, vencedores de sete medalhas olímpicas; e “As Incríveis Histórias de um Navio Fantasma”, de André Bomfim e Gustavo Rosa de Moura, que conta a viagem da delegação brasileira para as Olimpíadas numa inusitada viagem transatlântica.

O festival contará ainda com quatro Mostras Competitivas de curtas-metragens: Londrinense, Paranaense, Nacional e Ibero Americana. Com 32 filmes, as mostras distribuirão R$ 8 mil em prêmios, além do troféu Udihara para os vencedores de cada categoria. Atividades já tradicionais do evento serão mantidas, como o projeto “Kinocidadão”, que promoverá 10 sessões gratuitas de cinema para 1.500 alunos de escolas públicas. Os estudantes assistirão “As Aventuras do Avião Vermelho”, um filme de animação brasileiro premiado em diversos festivais.

Reuniões, debates e bate-papos sobre cinema e produção de audiovisuais acontecerão durante todo o evento. O momento é positivo “A galera ta fazendo bastantes filmes e ta melhorando. Esses editais e opções de fomento, hoje em dia,  ajudam a formar novos grupos e produções hoje em dia. Sentimos falta apenas de filmes, por exemplo, produzidos por cursos de artes-visuais da cidade, todos os anos pelo menos um novo filme era produzido pelos cursos e neste ano não tivemos nenhum”, comenta Bruno Ghering sobre uma das peculiaridades deste ano.

O Festival Kinoarte de Cinema é uma realização da Kinoarte (Instituto de Cinema de Londrina), produzido pela produtora Filmes do Leste, tem patrocínio da Prefeitura de Londrina via Promic (Programa Municipal de Incentivo à Cultura) e apoio da Universidade Estadual de Londrina (Casa de Cultura UEL), Aurora Shopping, Cineflix, Viação Garcia e Brasil Sul, Supermercados Viscardi, Refrikoo, Quadra Construtora, Museus Histórico de Londrina Pe. Carlos Weiss, W2 Digital e promoção da RPC. A programação completa do Festival está disponível no site do Festival.


Serviço:
18º Festival de Kinoarte de Cinema
Quando – 18 a 27 de novembro